Palavra do Pároco

Queridos paroquianos e leitores do nosso informativo, neste mês de junho é comum participarmos de quermesses cercadas de músicas, quadrilhas, bandeirinhas, fogueira e muita comida boa! Afinal, no Brasil, a festa junina se tornou uma tradicional festa popular onde são homenageados quatro santos: Santo Antônio (no dia 13), São João (no dia 24), São Pedro e São Paulo (no dia 29).

Santo Antônio é conhecido também como Santo Antônio de Pádua, por ter vivido nessa cidade italiana. É um dos santos mais populares da Igreja Católica. Nasceu em Lisboa, ingressou na Ordem franciscana, da qual foi um dos maiores destaques. Realizou inúmeras pregações, conseguindo milhares de conversões. Faleceu em 1231, com apenas 36 anos de idade. Sua língua, que tanto pregara a palavra divina, foi preservada da corrupção e até hoje é venerada num relicário, em Pádua.

São João Batista, também conhecido como o precursor de Jesus Cristo anunciou a sua chegada com grande coragem. Também foi aquele que batizou Jesus, embora não quisesse fazê-lo por não se achar digno de tamanho mistério. Mais tarde, João foi preso e degolado por Herodes Antipas, por denunciar a vida imoral do governante. 

E ao término do mês, celebramos a festa de São Pedro e São Paulo. Estes santos são considerados “os cabeças dos apóstolos” por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários. 

E por fim, não podemos nos esquecer de que neste mês de junho, celebrando os santos juninos (Santo Antônio dia 13, São João dia 24 e São Pedro e São Paulo dia 29) teremos a nossa tradicional quermesse. Neste ano, com novas barracas, muitos prêmios, divertidas brincadeiras, mas com o mesmo objetivo de sempre, proporcionar a você, à sua família e aos seus amigos, momentos especiais para confraternizar, rever os amigos, se distrair um pouco também.  

Além da diversão, precisamos reverter o valor arrecadado pelas barracas em prol da manutenção do nosso Santuário. Por isso, desde já, quero agradecer a todos que estão se empenhando para a realização deste evento. Todas as pastorais, movimentos, pessoas de fora, e, sobretudo, ao Conselho Administrativo Paroquial. Não tenho dúvidas de que todos estão se engajando para que o êxito da festa seja garantido. 

A vocês, queridos leitores, fica o convite para participar conosco desses e de outros eventos que teremos ao longo deste mês. Afetuoso abraço.